terça-feira, 13 de dezembro de 2016

eSocial na reta final, você está atrasado?

Muitas empresas já iniciaram a implementação do projeto eSocial e já estão adequando os processos, gerando também mudança de cultura e com isso ocorre a quebra de paradigmas.

Para esse grupo que já tomou ciência do eSocial, parabéns! Estão no caminho certo!

Para aqueles profissionais que ainda não fizeram nada, o prazo é curto demais! Comecem logo, antes que sejam obrigados a fazer sem organização e planejamento, e o que é pior, sem segurança!

O sucesso começa com o planejamento, estudo, capacitação e envolvimento das equipes!

E quanto ao prazo? 
Você tem TREZE ou DEZENOVE meses  para se preparar para o eSocial?

O prazo de TREZE meses aplica-se para todos os empregadores e contribuintes, que em 2016 tiveram um faturamento superior a 78 milhões. Essas são as empresas que possuem um maior número de empregados e que também possuem processos mais definidos e organizados, devido a estrutura, parece que fica mais fácil implementar o eSocial.

Para os demais empregadores e contribuintes, o prazo de DEZENOVE MESES aplica-se para os que tiveram um faturamento inferior a 78 milhões em 2016. Esses possuem  6 meses a mais em relação ao grupo citado acima, este grupo requer uma maior atenção.

Para ambos os grupos é necessário observar: 

Planejamento, projeto,  sensibilização, capacitação, revisão de legislação, estudo do manual, mudança de cultura, trabalhar a comunicação e envolver os profissionais.

É necessário tornar claro para todas as pessoas envolvidas, que existem dados, processos, legislação, sistema, multas e que todos devem saber sobre os impactos que o envio incorreto de informações pode gerar e as penalidades previstas.

Temos de funcionar como uma engrenagem, se um falhar, parte do processo fica comprometido!

Fica mais fácil cobrar quando todos são sabedores do assunto!

A comunicação deve ser vista de forma estratégica nesta fase, é através dela que começamos a semear a mudança!

Quando você pode começar a realizar os testes?

Em julho de 2017 você terá um ambiente para esta finalidade e pode enviar as informações para o eSocial, porém para enviar, elas devem estar cadastradas no sistema de folha utilizado por sua empresa, então o prazo é curto!

Lembre-se que a mudança de cultura e processos requer tempo e leva no mínimo de 6 a 12 meses, então coloque a mão na massa agora!


E quanto ao software de folha de pagamento?

Ele está preparado para o eSocial?

Você sabe onde parametrizar os eventos que devem ser enviados para o eSocial?

Não basta ter um bom sistema de folha de pagamento, o usuário deve conhecer tudo que o envolve o eSocial e as informações são de responsabilidade de cada usuário/cliente.

Para isto, nesta fase, a capacitação faz a diferença. Busque conhecer como o sistema vai gerar estas informações. Também é importante saber, quais são os campos que foram criados para atender ao eSocial e preenchê-los.

Aqui a segurança e credibilidade fazem a diferença!

O eSocial não é um projeto simples de implementar dentro de uma empresa ou escritório de contabilidade, portanto este novo sistema deve ser objeto de estudo de todos os profissionais envolvidos.

Faça a sua parte!

Sucesso!



Marta Pierina Verona - Consultora de aplicação da Metadados, empresa especializada em softwares para gestão de recursos humanos. Pós-Graduada em Direito do Trabalho pela UNISINOS e Graduada em Gestão de Pessoas pela UCS. Membro do conselho de clientes da GIFUG/PO representante da empresa Metadados. Possui mais de 20 anos de experiência na área de recursos humanos e atua com consultoria de implementação de software e palestrante sobre o tema eSocial. Professora nos cursos de extensão na Unisinos sobre o tema eSocial.

2 comentários:

Empresas do Grupo 2: Vamos desvendar agora, os prazos dos eventos que fazem parte da segunda fase do eSocial

Olá Os eventos não periódicos que fazem parte da segunda fase estão elencados no artigo  Empresas do Grupo 2: Você está preparado p...